BANCOS COM OS MAIORES JUROS ABUSIVOS EM 2023

Teto do rotativo reduz endividamento, mas juros continuam altos

A partir desta quarta-feira (3), um importante passo foi dado para reduzir o endividamento no país com o estabelecimento de um novo limite nos juros do rotativo do cartão de crédito. Essa medida, porém, se aplica apenas a novos financiamentos. Mesmo com a redução, os especialistas alertam que os juros ainda permanecem altos, e os consumidores precisam tomar cuidado para não se endividarem ainda mais.

Anteriormente, a taxa média de juros do rotativo do cartão de crédito atingia 431,6% ao ano. Agora, o teto foi estabelecido em 100%. Essa mudança é considerada um avanço, segundo Luiz Orsatti Filho, diretor Executivo do Procon-SP, mas ele ressalta que a taxa ideal deveria ser ainda menor.

De acordo com dados do Banco Central, 76,6% das famílias brasileiras têm dívidas, com o cartão de crédito sendo o mais utilizado (87,7% dos casos). O presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles, destaca que a redução dos juros do rotativo é acertada, pois essa modalidade é uma das maiores causas de endividamento.

Contudo, a professora de finanças da Fundação Getulio Vargas (FGV), Myrian Lund, aponta que a redução da taxa de juros pode levar os bancos a reavaliarem os limites dos cartões de crédito. Ela sugere algumas dicas para os consumidores evitarem o endividamento, como ter apenas um cartão ativo, reduzir o limite e evitar o parcelamento sem juros, exceto para bens de maior valor.

ALERTA SOBRE JUROS ABUSIVOS E O QUE FAZER

Recentemente, a Justiça considerou os juros cobrados por uma instituição como abusivos, trazendo à tona a importância de os consumidores ficarem atentos às taxas praticadas. Caso identifiquem juros abusivos, os consumidores têm o direito de solicitar à Justiça a revisão ou anulação do contrato.

É essencial avaliar as taxas de juros praticadas pelas instituições financeiras, considerando como referência a média do mercado. Em casos de juros abusivos, os consumidores podem recorrer ao Procon ou até buscar a portabilidade da dívida para instituições com condições mais acessíveis.

DICAS FINAIS PARA EVITAR ENDIVIDAMENTO
  1. Tenha apenas um cartão ativo.
  2. Reduza o limite do cartão.
  3. Evite parcelamento sem juros, exceto para bens de maior valor.
  4. Fique atento a possíveis juros abusivos.
  5. Recorra ao Procon em caso de irregularidades.
  6. Considere a portabilidade para condições mais acessíveis.

Alerta Financeiro 2023: Bancos com os Maiores Juros Abusivos!

 Você sabia que, mesmo diante das recentes mudanças nos limites de juros do rotativo do cartão de crédito, alguns bancos continuam sendo notáveis por suas práticas consideradas abusivas? Vamos dar uma olhada em alguns dados preocupantes de 2023:

  • Altas Taxas Persistem: Mesmo com as medidas adotadas para reduzir o endividamento no país, alguns bancos ainda mantêm taxas de juros consideradas altas, contribuindo para o ciclo vicioso do endividamento.
  • Cartão de Crédito como Vilão: O cartão de crédito permanece uma das principais fontes de endividamento para os brasileiros, e alguns bancos parecem não ter ajustado suas práticas de cobrança mesmo com as recentes mudanças na legislação.
  • Inadimplência e Endividamento: Com três em cada quatro famílias endividadas, é essencial ficar atento aos bancos que impõem taxas que podem agravar ainda mais a situação financeira dos consumidores.
  • Educação Financeira é Crucial: Especialistas recomendam uma abordagem mais consciente ao usar cartões de crédito e buscam conscientizar sobre a importância da educação financeira. A redução dos juros é um passo, mas é necessário um esforço conjunto para mudar hábitos e evitar o endividamento excessivo.
  • Pesquise e Compare: Ao escolher um banco, é fundamental pesquisar e comparar as taxas de juros oferecidas. Optar por instituições com práticas mais transparentes e taxas mais justas pode ser crucial para manter o equilíbrio financeiro.
💡 Lembre-se, o acesso a crédito deve ser uma ferramenta responsável e não uma armadilha para o endividamento. Fique atento aos custos envolvidos e busque alternativas que se alinhem aos seus objetivos financeiros.

Educação financeira é a chave para um futuro financeiro mais sólido! 💰📊

Compartilhe essa informação para conscientizar mais pessoas sobre a importância de escolhas financeiras inteligentes e promover um ambiente bancário mais justo!

Ainda com dúvidas? Fale agora com um especialista diretamente no WhatsApp:
Deixe seu Comentário:

BLOG:

Artigos Relacionados

Problemas com seu voo?

Saiba o que pode ser feito para ser indenizado! Nos casos de atraso e cancelamento de voo e preterição de embarque (embarque não realizado por motivo de segurança operacional, troca

Ler mais